Vida

O que é um paradoxo e por que é importante?

O que é um paradoxo e por que é importante?

Para que serve um paradoxo? É uma combinação de pensamentos que parecem conflitar, mas vão além de simples opostos. A vida moderna está cheia deles, mas são estressantes de lidar. À medida que aprendemos a identificar e lidar com paradoxos, somos capazes de dominar ainda mais a vida. Os paradoxos são usados ​​como ferramentas para ajudar a alcançar a iluminação por monges que seguem as tradições orientais. Ao dominar os paradoxos, você estará à frente das pessoas que insistem 'bem, o que é? não pode ser os dois! ' Às vezes, como você verá em breve, pode.



Mais do que apenas opostos

Golero / Getty Images

É difícil encontrar uma definição de 'paradoxo' que não implique que seja um problema não resolvido. Eles começam descrevendo-o como uma afirmação que parece absurda ou autocontraditória, então observando que quando mais reflexão é dada a ela, o paradoxo acaba sendo verdadeiro. Uma autocontradição. 'Esta afirmação é falsa' é uma espécie de paradoxo. Contemplar uma afirmação paradoxal geralmente produz uma visão adicional sobre o assunto mencionado. Ele não apenas nega a si mesmo, mas mantém duas possibilidades opostas juntas.

Uma importante habilidade de gerenciamento

skynesher / Getty Images

Os estudantes da teoria da administração estão descobrindo que os paradoxos são uma ferramenta muito útil para compreender muitos dos desafios que os gerentes enfrentam nos negócios. Um exemplo básico é o fato de os funcionários serem ao mesmo tempo indivíduos e parte de uma organização. Estas são duas condições que existem ao mesmo tempo e são mutuamente exclusivas como definições. Ao considerar essa dualidade, os gestores podem tentar entender o papel de seus trabalhadores mais profundamente e melhorar o modo como lidam com a vida dos trabalhadores no trabalho, sem excluir uma ou outra perspectiva.





elenco de encantamento brasil

Monges zen e meditação do paradoxo

BlackJack3D / Getty Images

A literatura budista e taoísta oferece aos praticantes uma linguagem paradoxal como uma forma de libertar suas mentes das restrições da lógica padrão. A vida cotidiana está cheia de paradoxos, e essas práticas os abraçam e enfatizam no caminho da libertação. Os zen Koans transformam a meditação paradoxal em uma forma de arte com perguntas aparentemente absurdas como 'o que é o som de uma mão batendo palmas' ou 'qual era o seu rosto antes de você nascer.'

Livro de Lewis Carroll 'Alice no País das Maravilhas' e Paradoxos

PickStock / Getty Images

Algumas citações de Lewis Carroll ajudam a soltar a mente para se tornar mais receptiva ao paradoxo. Por exemplo: 'Não posso voltar a ontem porque era uma pessoa diferente' ou 'Se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho o levará até lá' e, claro, 'tudo tem uma moral, se você puder encontrá-lo. '

cidade mais rica dos eua

O Paradoxo da Tolerância

asiseeit / Getty Images

Descrito pela primeira vez por Karl Popper em 1945, como o mundo estava em turbulência quando ele disse que uma sociedade tolerante também deve, paradoxalmente, tolerar a intolerância. Descreve a dupla necessidade de tolerar pensamentos e atitudes intolerantes e, ao mesmo tempo, estar preparado para se tornar intolerante com eles, se necessário, para que não superem a capacidade de tolerância.

O paradoxo da liberdade

guvendemir / Getty Images

Karl Popper também expressou o paradoxo da liberdade, um conceito semelhante ao paradoxo da tolerância. Ele apresentou o paradoxo da liberdade como a necessidade de liberdade, a falta de 'controle restritivo' para levar a um alto grau de controle porque eventualmente permite ao agressor controlar a vítima fraca, removendo a liberdade.

O paradoxo do valor em economia

honglouwawa / Getty Images

O paradoxo do valor, um conceito econômico, observa que embora a água seja muito mais importante para as pessoas em uma base comparativa, os diamantes têm um valor econômico muito maior. Isso é explicado pela lei da oferta e da demanda, portanto, se a água se tornar extremamente escassa, seu valor econômico aumentará para o nível de diamantes - mas, enquanto isso, o paradoxo persiste.



aplicativo disney plus tv lg

O Paradoxo da Escolha

gerenme / Getty Images

Esse paradoxo foi explicado em um livro de 2004 do psicólogo Barry Schwartz. Nesse livro, ele afirma que a autonomia e a escolha são fundamentais para o bem-estar de uma pessoa e vice-versa. No entanto, o aumento extremo na escolha disponível para os americanos não produziu um efeito benéfico em nosso bem-estar, pois aumenta nossa liberdade e autonomia. A liberdade e a autonomia parecem ter um efeito negativo à medida que chegam ao extremo.

Comportamento paradoxal e compreensão

PeopleImages / Getty Images

O comportamento paradoxal é um fator importante quando configuramos máquinas para aprender sobre nosso comportamento e antecipá-lo. Em um artigo da Amerian Mathematical Society, o paradoxo é descrito como um comportamento que não corresponde à experiência ou expectativas anteriores. A solução para essas exceções geralmente é ampliar a consideração do ambiente no qual o comportamento está ocorrendo. Há outro fator ou fatores que estão fazendo o comportamento parecer paradoxal.



Intervenções paradoxais

laflor / Getty Images

Intervenções paradoxais são técnicas psicológicas que alcançam o efeito desejado na vida de uma pessoa, mas de forma inesperada. Eles são alcançados, como nota um artigo na revista Psychology Today, prescrevendo o mesmo sintoma que é considerado indesejável. Alguém que procrastina é instruído a procrastinar intencionalmente. O medo do fracasso encontra uma direção para falhar intencionalmente. Essa abordagem ajuda o cliente a entender a necessidade que o sintoma está atendendo e a revelar quanto controle o cliente tem sobre o sintoma.